4 de setembro de 2008

AMOR-PERFEITO




É o sol se derramando
Sobre a história da minha vida
E tudo ilumina, transforma
Em ouro, pedra preciosa
O valor não se estima
Alegria primaveril
Ventos de outono; calor de verão
A chuva do inverno cessou
Deus queira que esta estação
Dure minha vida inteira
Que mantenha comigo a presença
Dos espíritos das florestas
Que uma bênção argêntea chova sobre nossas cabeças
Que os pés da felicidade esmaguem
Nossos frágeis corpos outrora descontentes
Desejo uma estação de flores perene
Envolvendo nosso leito
Jardim a florescer amor-perfeito.







Adriana Costa (Brasil)



Veja o link: http://versosbarbaros.blogspot.com/

Um comentário:

Adriana Costa disse...

É uma honra para mim ver minhas palavras aqui em teu espaço! Obrigada, Namibiano!
Flores para ti e Dinah@>--