12 de setembro de 2007

VAZIO




Onde andarão os meus sonhos!?
E a esperança, onde andará!?
E a utopia, ainda existirá!?

Um dia eu sonhei com um mundo novo
Mundo onde as pessoas se amavam
E se queriam...
E se abraçavam...
E se adoravam...
E se sorriam...
E se amavam...
E se amavam sem pejo!
Despudoradamente se amavam!

Um dia eu esperancei um mundo igual
Mundo onde as pessoas eram unas
Ainda que diferentes
Eram iguais
Comuns comensais
E não havia vassalos...
E não havia senhores...
E se amavam sem pejo!
Despudoradamente se amavam!


Um dia eu utopiei um mundo de amor e igualdade
Mundo onde as pessoas não tinham raça
E não tinham leis...
E não tinham governos...
E não tinham patrões...
E não havia escravos...
E havia liberdade!
E se amavam sem pejo!
Despudoradamente se amavam!

Onde andarão os meus sonhos!?
E a esperança, onde andará!?
E a utopia, ainda existirá!?



Por Joao Batista do Lago (Brasil)


http://joaobatistalago.multiply.com/

2 comentários:

João Batista disse...

Obrigado, queridos amigos. Possa eu poder retribuir todo o carinho, atenção, e afeto que me dispensam.
Bem sejam vós!
==============
Ah! Lindíssima a ilustração.

Adauto Neves disse...

Caro amigo JB.
Os sonhos, realmente existem, temos que correr atrás deles!
A esperança e a utopia temos que acreditar e tornar realidade!
Abraços!