3 de agosto de 2010

Blog da Semana - 13/2010

Foto Liane Neves (Blog Quintana Eterno)


Depois de uma semana muito longa, estou de volta com um novo Blog da Semana, uma homenagem a um grande poeta brasileiro, Mário Quintana, porfavor visitem: 




Texto retirado na íntegra do blog referido:

REFLEXÕES DO CADERNO H

Selecionei alguns textos que Quintana publicou no CADERNO H . Cada um deles nos leva a viajar por muitas reflexões. Boa viagem.



COISAS DO TEMPO


Com o tempo, não vamos ficando sozinhos apenas pelos que se foram: vamos ficando sozinhos uns dos outros.


CUIDADO!


A nossa própria alma apanha-nos em flagrante nos espelhos que olhamos sem querer.


TENHO PENA DA MORTE


Tenho pena da morte – cadela faminta – a que deixamos a carne doente e finalmente os ossos, miseráveis que somos... O resto é indevorável


MAS TUDO É NOVO DEBAIXO DO SOL


Resmungam os velhos – “Não há nada de novo debaixo do sol” – e nem se lembram dos que, neste momento, estão recriando o mundo: os poetas, as artistas, os recém-nascidos.


DA SAUDADE


A saudade que dói mais fundo – e irremediavelmente – é a saudade que temos de nós.


DO CONHECIMENTO


Tudo já está nas enciclopédias e todas dizem as mesmas coisas. Nenhuma delas nos podem dar uma visão inédita do mundo. Por isso é que leio os poetas. Só com os poetas se pode aprender algo novo.


NADA SOBROU


As pessoas sem imaginação podem ter tido as mais imprevistas aventuras, podem ter visitado as terras mais estranhas...Nada lhes ficou. Nada lhes sobrou. Uma vida não basta apenas ser vivida: também precisa ser sonhada.


Mario Quintana in: CADERNO H

2 comentários:

Bernardo disse...

Caro Namibiano

Além de uma grata surpresa fiquei eternecido com a escolha de meu blog que não é meu mas do poeta, sou apenas um instrumento de divulgação.
Um gran de kandando e mais uma vez obrigado.
Bernardo

Otário disse...

parece ser um espaço
interessante, já dei
por lá um salto, vou
tentar ainda hoje
deixar 1's palavras.